No Dia da Enfermagem, a SBC destaca o primeiro curso voltado à profissão na área cardiológica

A capacitação, direcionada para enfermeiros da área clínica e cirúrgica em cardiologia, está com inscrições abertas, no formato EAD



Ressaltando a importância do enfermeiro na área cardiológica, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) aproveita o Dia da Enfermagem (12 de maio) para comunicar que as vagas para o curso “Prática baseada em evidências na enfermagem cardiológica”, realizado através da Universidade do Coração, estão abertas.


Com carga horária de 30 horas, no formato EAD (educação à distância), a capacitação é a primeira voltada à profissão neste formato.


“A qualificação profissional de enfermeiros que atuam na área cardiovascular é fundamental para melhorar a qualidade da assistência e a segurança do paciente. Capacitar enfermeiros para tomar decisões clínicas pautadas nas melhores práticas é o objetivo do curso”, expõe Ana Carla Dantas Cavalcanti, coordenadora e uma das docentes. Ela é MD, PhD, pela UFRJ, com pós-doutorado pela UFRGS e Professora Associada III da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, da Universidade Federal Fluminense.


Os módulos são separados, abordando transplante cardíaco, perfusão e infusão aplicada em cardiologia, telemonitoramento, cuidados ao paciente com ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), entre outros.


Segundo Ana Carla, este curso tem conteúdos absolutamente inovadores, incluindo questões muito novas no cuidado de enfermagem. “Todos os temas são pautados em evidências científicas, permitindo ao profissional se aprimorar cada vez mais na área em que atua. O enfermeiro precisa ter um olhar especializado e direcionado”, salienta.

Embora não seja uma especialização, o curso conta com conteúdo amplo e professores renomados, quase todos doutores. Além disso, é certificado pela SBC, não há nenhuma outra instituição no Brasil que esteja no mesmo nível.


Este curso faz parte dos esforços da SBC para trabalhar com a sua multidisciplinaridade. Neste Dia da Enfermagem, a mensagem mais importante a ser compartilhada é de perseverança. “Resistimos à pandemia e vamos renascer, mas, para isso, o conhecimento é indispensável. Somos fortes e unidos enquanto categoria profissional e precisamos de perseverança para transformar a experiência em conhecimento e sabedoria para os próximos anos. Acredito que a prática avançada vai revolucionar bastante o sistema de saúde pública no futuro”, finaliza Ana Carla.


Corpo docente

  • Claudia Almeida, MSc, enfermeira no Serviço de Cirurgia Cardíaca, responsável pelo ambulatório de anticoagulação e complicações da ferida operatória do Hospital Universitário Pedro Ernesto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ.

  • Dalmo Valério Machado de Lima, MD, PhD, com doutorado em Enfermagem na Saúde do Adulto pela Universidade de São Paulo (USP) e Professor Adjunto da Universidade Federal Fluminense.

  • Deyse Conceição Santoro, Titular do DEMC/EEAN/UFRJ.

  • Eneida Rejane Rabelo da Silva, MsC, Enfermeira Especialista em Enfermagem Cardiovascular, Enfermeira Coordenadora da Clínica de IC do HCPA, Coordenadora do Programa de Acesso Vascular do HCPA, Professora Associada da Escola de Enfermagem da UFRGS e Pesquisadora CNPq 1D.

  • Fátima das Dores da Cruz, MD, PhD, com Doutorado em Cardiologia – Instituto do Coração – HCFMUSP, INCOR, Enfermeira do Núcleo de Insuficiência Cardíaca do Instituto do Coração – HCFMUSP

  • Juliana de Melo Vellozo Pereira Tinoco, MD, PhD, Doutora/Mestre em Ciências Cardiovasculares – UFF e Especialista em Enfermagem Intensivista – UERJ

  • Liana Amorim Corrêa Trotte, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

  • Lígia Neres Matos, MD, docente, doutoranda em Enfermagem pela EEAN/UFRJ, Enfermeira do Programa de Insuficiência Cardíaca Avançada do Hospital Pró-Cardíaco (RJ)

  • Paula Vanessa Peclat Flores, MD, PhD, Doutora em Ciências Cardiovasculares – UFF, Mestre em Enfermagem – UFRJ, Especialista em Enfermagem em Clínica Médica e Cirúrgica/Residência – UNIRIO, Especialista em Terapia Intensiva Cardiológica – UFF

  • Tereza Cristina Felippe Guimarães, MD, PhD, com Doutorado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Anna Nery-UFRJ (EEAN/UFRJ), Enfermeira no Instituto Nacional de Cardiologia (Laranjeiras/RJ), Professora Titular do Programa de Mestrado do Instituto Nacional de Cardiologia e Enfermeira – Secretaria de Estado do Rio de Janeiro.

  • Thalita Gomes do Carmo, MD, PhD, doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Cuidado da Saúde (PACCS/UFF) Prof. UFF/EEAAC – Departamento de Clínica Médico Cirúrgica

Mais informações e inscrições para o curso “Prática baseada em evidências na enfermagem cardiológica” AQUI.

89 visualizações