Maior evento de hipertensão arterial das Américas acontece de 27 a 30 de outubro

Congresso do Departamento de Hipertensão Arterial, da SBC, será 100% virtual, gratuito e ocorrerá em conjunto ao Congresso da Sociedade Latino-Americana de Hipertensão Arterial; ao Congresso da Sociedade Centro-Americana de Hipertensão e Prevenção Cardiovascular e ao Artery LATAM


De 27 a 30 de outubro, o Departamento de Hipertensão Arterial (DHA), da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), realizará, o XVII Congresso DHA/SBC, que tem como foco o assunto mais abrangente da especialidade e que esse ano será totalmente online, gratuito e terá caráter internacional, acontecendo em conjunto ao XVIII Congresso da Sociedade Latino-Americana de Hipertensão Arterial (LASH); ao VII Congresso da Sociedade Centro-Americana de Hipertensão e Prevenção Cardiovascular (SCCH), e ao IV Artery LATAM (sociedade dedicada ao estudo do envelhecimento cardiovascular). Inscrições AQUI.


O evento terá o objetivo de enriquecer o conhecimento voltado para o ser humano, o coração e a hipertensão. “O temário foi construído em conjunto com todas as sociedades envolvidas, com muito carinho pela comissão organizadora, da qual tive a felicidade de integrar. O tema central, ser humano, coração e a hipertensão, é justamente para chamar a atenção, porque apesar de estarmos falando de uma doença específica, queremos mostrar o quanto ela influencia nos diversos órgãos e sistemas do corpo humano e o quanto que ela pode ter de participação em inúmeros outros problemas por vezes não associados a ela”, fala o diretor-científico do DHA/SBC, Roberto Miranda.


No dia 27, às 18h30, logo após a abertura oficial, ocorrerá a primeira conferência magna, que terá à frente o presidente do DHA/SBC, Audes Feitosa (@dr.audes), ministrando a palestra “Estado da Arte na Monitorização Residencial da Pressão Arterial”. A segunda conferência magna será às 19h, sobre “Combinaciones fijas de antihipertensivos en el tratamiento inicial del hipertenso: un gran reto para la práctica médica actual”, com o professor da Universidade de Barcelona, Antonio Coca. E às 19h30, a terceira conferência magna, “Diabetes e hipertensão, unidos para o mal”, será ministrada pelo Presidente da Sociedade Centroamericana e do Caribe de Hipertensão Arterial e Prevenção Cardiovascular, Osiris Valdez.


Mesas-redondas

O evento estará dividido em três auditórios virtuais. Além de simpósios, colóquios e mini-conferências, a programação estará repleta de mesas-redondas. Confira.


No dia 28, os temas das palestras serão:

  • Diretriz Brasileira de Medidas da Pressão Arterial. Evidências e Perspectivas

  • Importância da MAPA na Proteção Cardiovascular

  • Manejo da Hipertensão Arterial Orientada pela Medida Residencial da Pressão Arterial?

  • A Jornada do Envelhecimento Vascular

  • Imunidade, Inflamação e Doença Cardiovascular

  • Adiposidade, Força Muscular e Doença Cardiometabólica: Da Programação Fetal à Sarcopenia em Idosos

  • É Possível Evitar o Desenvolvimento da Doença Hipertensiva? Como?

  • Estratégias para otimizar o diagnóstico, a adesão e o controle da Pressão Arterial


No dia 29, serão debatidos os temas:

  • Hipertensão Arterial e Doença Renal

  • Tratamento Atual do Hipertenso Diabético

  • Rigidez Arterial - Nível de Evidência e Grau de Recomendação na Prática Clínica


E no dia 30, os temas das palestras serão:

  • Tratando o Hipertenso com Doença Renal

  • Sessão conjunta LASH/ESH no Congresso Virtual LASH 2021 - "O desafio de melhorar o controle de pressão arterial no mundo inteiro"

  • Joint Session DHA/Sociedade Portuguesa de Hipertensão Arterial

  • Hipertensão Arterial na Mulher

  • Hipertensão Arterial, Obesidade e Dislipidemia

  • Hipertensão Arterial no Jovem

  • Hipertensão Arterial, Acidente Vascular Encefálico e Cognição

  • Hipertensão Arterial, Cardiometabolismo e Risco Cardiovascular

  • Pré-Hipertensão e Metas de Pressão Arterial

  • Combinação de Fármacos e Monoterapia: Diretrizes e Prática Clínica


Simpósios satélites

A cada dia, serão realizados dois simpósios satélites, organizados pelos patrocinadores do evento. Eles irão abordar a nova abordagem no controle da hipertensão; medicina de precisão aplicada à doença hipertensiva: do diagnóstico ao tratamento; o papel da Terapia Tripla nas Diretrizes Brasileiras de HAS - 2020; transformando a automedida da PA em uma ferramenta útil no manejo da doença hipertensiva; doença hipertensiva em 2021: Perguntas ainda não respondidas e o que precisamos incorporar em nossa prática clínica; medicina de precisão aplicada ao diagnóstico e manejo da doença hipertensiva; e Tripla Terapia combinada: recomendações e o papel no controle da HA.


No dia 29, às 20h15, no Auditório 2, acontecerá o Simpósio Panamericano de Endotélio, cujo tema será “Endotélio e Doença Hipertensiva”.


“A maior questão com o evento é conseguirmos ter uma visão do ser humano como um todo chegando até as intervenções, até as avaliações moleculares na intervenção arterial, do amplo ao específico. A Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial também será um destaque muito importante nas temáticas e nas apresentações”, reitera Weimar Sebba Barroso, coordenador geral da diretriz e presidente do Congresso DHA-SBC 2021.


A programação do evento será uma inconteste oportunidade para destacar e discutir a Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial. Em novembro de 2020 foi editada a última versão e o resultado desse esforço conjunto e da colaboração de mais de 90 experts foi um documento robusto, rico em atualizações e capaz de promover avanços no contexto do diagnóstico, avaliação clínica, estratificação, tratamento e controle da doença hipertensiva nos seus diversos cenários.


Segundo a versão atualizada, os índices de controle da hipertensão arterial ainda são insatisfatórios no Brasil. Os motivos para a falta de controle dos hipertensos são diversos, mas um dos fatores de maior peso neste cenário é a falta de adesão ao tratamento. A adesão ao tratamento é um processo complexo e multidimensional onde se identificam barreiras relacionadas com as condições sociodemográficas, o tratamento medicamentoso, os sistemas de saúde, o paciente, e a doença propriamente dita.


Lançamento de livro

No dia 28, às 20h15, no Auditório 3, haverá o Sarau de Lançamento do Livro Fibrilação Atrial: Fatores de Risco, Manejo e Complicações, que aborda tópicos de interesse prático para cardiologistas e clínicos, neurologistas, emergencistas e todos aqueles que lidam com pacientes de alto risco cardiovascular.


Participarão da atividade dois coordenadores da obra: Audes Feitosa e Weimar Sebba Barroso, que receberão os convidados Carlos Kalil e Renato Lopes para debater desde a fisiopatogenia da fibrilação atrial, desafios no diagnóstico e suas principais complicações até as melhores estratégias de tratamento.


Confira a programação completa, com seus respectivos horários e salas, AQUI.


Evento conjunto


“Um evento como este é importante para toda a comunidade médica e não apenas para a cardiologia. A hipertensão é a doença mais prevalente e a que mais mata no mundo. Mais de 10 milhões de pessoas morrem por ano no mundo. Convidamos todos os médicos clínicos, de saúde da família, todos aqueles que tratam a hipertensão no país para se atualizarem conosco”, reitera o presidente do DHA/SBC, Audes Feitosa (@dr.audes).


O congresso terá tradução simultânea para o inglês e espanhol, e a participação dos principais nomes que se dedicam à pesquisa e estudo da doença hipertensiva. Serão mais de 125 especialistas do Brasil, de países latino-americanos, dos Estados Unidos e Europa que trarão suas experiências para o novo universo da transmissão do saber científico.


Segundo Feitosa, o objetivo da tradução em todas as apresentações e a gratuidade é garantir a quebra das fronteiras ao conhecimento. A hipertensão é o fator de risco que mais mata no mundo (> 10 milhões de vidas perdidas anualmente) e seu diagnóstico e tratamento devem ser reconhecidos por todos os profissionais de saúde.


“Teremos a oportunidade de receber em nosso país, virtualmente, o maior evento em hipertensão arterial das Américas, trazendo uma somatória de esforços de diversas sociedades científicas. A inscrição é uma cortesia dessas sociedades a todos os médicos cardiologistas da América Latina, para podermos, nesse momento, discutir sobre essa doença, a principal causa de mortes em todo o mundo”, fala Barroso.


Mais informações, programação completa e inscrições gratuitas no site do evento. Acesse AQUI.

100 visualizações