Insuficiência cardíaca é tema de webinar da série Cuidando do Coração

Projeto é uma realização da SBC, em parceria com o CONASEMS, e recebe no próximo dia 21 de julho, o presidente do DEIC e coordenador da Universidade do Coração, Evandro Tinoco Mesquita, com o professor adjunto de Clínica Médica e Semiologia da UFF, Antonio Jose Lagoeiro


A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) promovem, no próximo dia 21 de julho, às 15h, o webinar “A nova classificação universal da insuficiência cardíaca. O que ela traz de importante para a atuação na Atenção Primária?”. A ação está inserida no contexto da parceria entre as entidades para promover conjuntamente a educação de equipes da atenção básica de saúde dos municípios, referenciando os temas relativos à prevenção das doenças cardiovasculares. A série de atividades online recebeu o nome de Cuidando do Coração.


A insuficiência cardíaca atinge cerca de três milhões de brasileiros e se manifesta através de sintomas como falta de ar, fadiga e inchaço dos pés e pernas. Também conhecida como "doença do coração fraco", ela é a terceira causa de internação em pacientes com mais de 60 anos, estando presente em até 10% dos indivíduos com idade superior a 65 anos.


Em todo o mundo, são, cerca de, 26 milhões de casos. A SBC destaca ser preciso promover acesso a todos os pacientes, além de focar em ações para prevenção, o que inclui controle da hipertensão, do diabetes e do colesterol alto, evitando, assim, infarto e obstrução das coronárias, a principal causa da insuficiência cardíaca.


O webinar terá participação do presidente do Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC) da SBC, coordenador da Universidade do Coração e professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Evandro Tinoco Mesquita, e do professor adjunto de Clínica Médica e Semiologia da UFF, Antonio Jose Lagoeiro.


“Estamos diante de uma causa importante de internações e mortes no Brasil. É um problema que deve ser diagnosticado na atenção básica. Precisamos mobilizar a todos para conscientização dos pacientes em reconhecer esses sintomas e ter acesso a um cuidado apropriado. É papel da SBC alertar a população e os profissionais que atuam na atenção básica para criar condições para o melhor cuidado através das diretrizes”, fala Mesquita.


Segundo o presidente do DEIC/SBC, é fundamental a colaboração entre cardiologistas, médicos de família e equipe multidisciplinar, em particular da liderança de enfermeiros e também farmacêuticos, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, biomédicos e agentes de saúde, para uma nova jornada para o paciente, que com o apoio das tecnologias digitais e das evidências científicas – as Diretrizes da SBC –, auxiliam na construção do cuidado certo, possibilitando uma abordagem integrada e contínua da prevenção, do transplante cardíaco e do cuidado paliativo.


Esse é o quinto webinar da série Cuidando do Coração, parceria da SBC com o CONASEMS, que teve início em abril. Os encontros são mensais, transmitidos pelo canal do YouTube do CONASEMS com a participação de profissionais especialistas sobre os temas estruturados e produzidos pela SBC, cuja validação prévia da grade de conteúdo é feita pelo Conselho.


Webinar “A nova classificação universal da insuficiência cardíaca. O que ela traz de importante para a atuação na Atenção Primária?”


Dia 21 de julho, às 15h


Palestras do presidente do Departamento de Insuficiência Cardíaca (DEIC) da SBC, coordenador da Universidade do Coração e professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Evandro Tinoco Mesquita, e do professor adjunto de Clínica Médica e Semiologia da UFF, Antonio Jose Lagoeiro.


Transmissão pelo canal do YouTube do CONASEMS.





116 visualizações