Influência das variantes do receptor do NPY e do NPY 2 na Síndrome Coronariana Aguda

Estudo será destaque na edição de julho da revista IJCS


O neuropeptídeo Y (NPY) é um dos neurotransmissores mais abundantes no sistema nervoso, atuando como um potente estimulador da angiogênese, inflamação e adipogênese, através do receptor NPY 2 (NPY2R). Alterações na via de sinalização do NPY têm sido associadas à Síndrome Coronariana Aguda. O artigo, que será publicado na próxima edição de julho/agosto da revista International Journal of Cardiovascular Sciences (IJCS), disponível a partir do dia 7/7, buscou determinar a associação entre variantes no NPY e NPY2R, bem como a gravidade da síndrome coronariana aguda.


Foi encontrada associação da variante NPY c.20T>C nos pacientes com síndrome coronariana aguda em comparação ao grupo saudável. Na análise entre variantes e fatores de risco no grupo com a síndrome, o NPY c.84G>A foi associado à hipertensão.


O estudo concluiu que a variante NPY c.20T>C parece contribuir para o desenvolvimento de síndrome coronariana aguda. O NPY2R c.-1116A>G variante pode contribuir para o desenvolvimento precoce de doença e o NPY c.84G>A variante parece contribuir para o

desenvolvimento de hipertensão. Além disso, o NPY c.20T>C está associado a um efeito protetor na gravidade da síndrome.


Leia o artigo na íntegra na revista IJCS, edição de julho/agosto de 2022. Acesse: https://ijcscardiol.org/article/influence-of-neuropeptide-y-and-neuropeptide-y-2-receptor-variants-in-acute-coronary-syndrome/


13 visualizações