• Cardiol

INC produz revisão rápida da literatura sobre ECA2 e desfechos graves em pacientes com COVID-19.

Instituto Nacional de Cardiologia produz revisão rápida da literatura sobre associação entre fármacos que aumentam a expressão de ECA2 e desfechos graves em pacientes com COVID-19.


A organização mundial de saúde (OMS), em 11 de março de 2020, caracterizou o surto da doença causada pelo novo coronavírus (COVID 19) como uma pandemia. A COVID 19 trás uma série de desafios à comunidade científica internacional e a produção de informação qualificada é fundamental para orientação da melhor prática clínica.

A porta de entrada do novo coronavírus em humanos é através de ligação com a enzima conversora de angiotensina 2 (ECA2).

Na China, aonde aconteceram os primeiros casos, foi demonstrada a associação de fatores de risco como diabetes e hipertensão com formas mais graves da doença que levam a necessidade de terapia intensiva e ventilação mecânica. Surgiu a preocupação de que pacientes que usam medicações que aumentam a expressão de ECA 2 poderiam ter um pior prognóstico quando acometidos por COVID 19.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia(SBC), em 13 de março de 2020, se pronunciou prontamente em nota esclarecedora que não havia evidências definitivas a respeito da associação entre o uso desses fármacos e maior risco da doença e recomendou a avaliação individualizada do paciente. A OMS se pronunciou da mesma forma sobre o tema referenciando o posicionamento de sociedades médicas internacionais bem com a SBC.

Esse tema motivou um grupo de pesquisadores do Instituto Nacional de Cardiologia a realizar uma revisão da literatura que trouxe como recomendação que não se modifique o tratamento dos pacientes que usam IECA e BRA. Como o volume de artigos publicados sobre a infecção pelo SARS-Cov-2 aumenta rapidamente, o grupo se compromete a atualizar a revisão periodicamente.


Acesse o PDF: Análise da Associação entre Fármacos que Aumentam a Expressão de ECA2 e Desfechos Graves em Pacientes com COVID-19: uma Revisão Rápida

0 visualização

Sede - Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160

3º andar - Sala: 330 - Centro

Rio de Janeiro - CEP: 20020-907

Contato: (21) 3478-2700

E-mail: sbc@cardiol.br

Sede - São Paulo

Alameda Santos, 705

11º andar - Cerqueira César

São Paulo - CEP: 01419-001

Contato: (11) 3411-5500

E-mail: sbc@cardiol.br

Redes Sociais

  • LinkedIn ícone social
  • workplace-logo
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram

Sociedade Brasileira de Cardiologia | tecnologia@cardiol.br

  • LinkedIn ícone social
  • workplace-logo
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram