Diretoria de Promoção de Saúde Cardiovascular lança cartilha com dicas para o bem-estar do coração

Material educativo faz parte do encerramento da Campanha Setembro Vermelho 2021


A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), através da Diretoria de Promoção de Saúde Cardiovascular/FUNCOR, lançou nesta quinta-feira, 30 de setembro, mais uma cartilha educativa, dessa vez especial pelo Dia Mundial do Coração. O tema da publicação é homônimo à Campanha Setembro Vermelho 2021: “Conecte seu coração à sua saúde”.


De forma didática, o material indica o quais são os “sinais verdes” e “sinais vermelhos” para o seu coração. Deve-se evitar excesso de consumo de sal, bebidas alcoólicas e tabagismo. Situações de estresse também merecem cuidado. Entre as dicas para uma vida saudável estão:

  • Alimentação balanceada com ingestão de frutas, legumes e verduras;

  • Atividade física regular, e

  • Beber água.

Entre os dez amigos do coração estão os seguintes alimentos:

  1. Aveia

  2. Azeite de Oliva

  3. Peixes

  4. Uva e Suco de uva integral

  5. Frutas Vermelhas

  6. Soja

  7. Chocolate amargo

  8. Maçã

  9. Castanhas

  10. A dupla Tomate e Alho

Atividade física é fundamental

Em todo o mundo, um em cada cinco adultos e quatro em cada cinco adolescentes (com idade entre 11 e 17 anos) não praticam atividade física suficiente. Alguns grupos populacionais têm menos oportunidades de terem uma vida mais ativa, entre eles meninas, mulheres, pessoas idosas, com menos recursos financeiros, com deficiências e doenças crônicas, populações marginalizadas e povos indígenas.


“As recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para indivíduos saudáveis são de, no mínimo, 150 minutos de atividade física por semana para adultos e 300 minutos de atividade física por semana para crianças e adolescentes. Esse tempo de atividade física deve ser acumulado durante os dias da semana, podendo ser dividido de acordo com sua rotina”, fala o diretor de Promoção de Saúde Cardiovascular da SBC, José Francisco Kerr Saraiva.


O sedentarismo é uma das principais causas de doenças cardiovasculares, além de diabetes, obesidade, câncer de mama e de colo do útero e outras doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs). Excluindo a Covid-19, atualmente, a maior carga de morbidade e mortalidade no Brasil pertence às DCNTs, que também são responsáveis por 71% de todas as mortes no mundo. As doenças do coração lideram esse ranking.


Estresse: inimigo silencioso

A cartilha traz ainda uma página dedicada aos riscos do estresse. Segundo a SBC, à primeira vista, o estresse pode parecer um problema comum e inofensivo em meio a uma rotina agitada. Mas o que poucos percebem é que ele causa consequências físicas que se agravam com o passar do tempo. O estresse é um inimigo silencioso, principalmente quando se trata do coração.


De acordo com a psicóloga do Comitê da Criança e do Adolescente da SBC, Silvia Cury Ismael, o estresse é um mecanismo de defesa do organismo, sendo ativado quando se percebe uma situação de ameaça. É desencadeado quando o indivíduo esgota seus recursos pessoais para enfrentar a situação. Quando a pessoa está estressada ocorre descarga de adrenalina, catecolaminas e cortisol, hormônios que se liberados em excesso diminuem a imunidade.


“São efeitos psicológicos e comportamentais do estresse ansiedade, dificuldade de memória e concentração, ressentimento, raiva, agressividade, fadiga, incapacidade de relaxar, depressão, inquietação, problemas no sono, mudança de hábitos alimentares, choro, fuga de tarefas, entorpecentes e fuga de relacionamentos”, alerta Silvia.


Acesse agora mesmo a Cartilha “Conecte seu coração à sua saúde” e descubra dicas valiosas para o bem-estar do seu coração. O material educativo está disponível AQUI.

141 visualizações