Destaques da cardiologia são homenageados com Prêmio Mérito SBC

Nomes condecorados em oito categorias foram anunciados durante a abertura do 76º Congresso Brasileiro de Cardiologia. Premiação é um reconhecimento aos extraordinários serviços prestados à especialidade


Durante a abertura do 76º Congresso Brasileiro de Cardiologia (CBC), no dia 19 de novembro, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) promoveu a entrega do Prêmio Mérito SBC aos destaques da especialidade. Os homenageados receberão um certificado da entidade em reconhecimento aos extraordinários serviços prestados à cardiologia brasileira.


Denílson Albuquerque, professor titular de Cardiologia, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, foi premiado como Destaque Docente, pelas contribuições acadêmicas.


O Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE/UERJ), centro de referência em atendimento de alta complexidade, pesquisa e extensão, e que fornece cobertura assistencial a todo o território fluminense, foi reconhecido por sua contribuição assistencial. Em 2020 e 2021, a instituição tornou-se peça fundamental no combate à pandemia do coronavírus, uma das únicas unidades que não paralisou suas atividades em um só momento. Foram mais de dois mil pacientes encaminhados para o hospital universitário, que destinou mais de 100 leitos somente para tratar vítimas da Covid-19. Além disso, foi a primeira unidade pública a inaugurar um ambulatório exclusivo para casos Pós-Covid.


Nadine Oliveira Clausell, professora titular do Departamento Medicina Interna, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com atuação no Serviço de Cardiologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, foi homenageada na categoria Dedicação à Pesquisa.


Já na categoria Contribuição Associativa, o premiado foi Jadelson Pinheiro de Andrade, ex-presidente da SBC, Superintendente e Diretor do Centro de Cardiologia do Hospital da Bahia e Membro Titular da Academia de Medicina da Bahia.


A categoria Personalidade da Cardiologia foi criada para homenagear um cardiologista, membro da SBC, que tenha contribuído significativamente nas áreas de ciência e/ou docência e/ou assistência. O premiado esse ano foi Iran Castro, que entre suas colaborações societárias na SBC, como presidente, conduziu a entidade para uma sociedade profissional, tornando-a uma instituição profissional de sucesso. Ele foi o criador da informática na SBC, tendo conquistado três prêmios iBest. Nos CBC, teve participações de desenvolvimento, organização, planejamento estratégico e informatização, tendo colaborado com quase todos os eventos como membro da comissão científica. Na gestão 2019-2020, foi editor da 3ª edição do Livro Texto da SBC, publicado pela Editora Manole.


Por seu trabalho junto à população leiga, através de sua atuação junto aos órgãos públicos de saúde, Carlos Scherr - que foi diretor do Instituto Nacional de Cardiologia durante dez anos e por quase dois anos foi diretor do Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro (IECAC), recebeu o prêmio de Contribuição à Comunidade.


Criado para homenagear um representante da cardiologia internacional com destacada atuação junto à cardiologia nacional, o prêmio SBC International Award foi entregue a João A. C. Lima, professor de medicina, radiologia e epidemiologia da Johns Hopkins School of Medicine, em Baltimore, nos Estados Unidos. Seu trabalho pioneiro de imagens cardíacas utilizando avançadas MRI, CT e ecocardiograma levou a técnicas não invasivas para prever doenças cardiovasculares e calcular sua extensão, bem como medir a eficácia de tratamentos cardíacos modernos.


A homenagem especial, que condecora um cardiologista por sua relevante contribuição à especialidade no Brasil, foi feita a Marcelo Queiroga, que em março de 2021 solicitou licenciamento da presidência da SBC para tomar posse como Ministro de Estado da Saúde.

121 visualizações