Desafios e cuidados da população adulta com cardiopatias congênitas serão debatidos no 1° Encontro de Departamentos
Desafios e cuidados da população adulta com cardiopatias congênitas serão debatidos no 1° Encontro de Departamentos

13/03/2024, 18:38 • Atualizado em 12/03/2024, 10:46

 

O mês de abril será um marco importante na história da Cardiologia no Brasil. Durante os dias 12 e 13 ocorrerá o 1º Encontro de Departamentos da Cardiologia, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. A programação do evento prevê uma série de palestras ministradas por especialistas renomados e discussões com insights valiosos sobre avanços terapêuticos e estratégias de prevenção. Os profissionais de saúde presentes poderão trocar conhecimentos, estabelecer conexões e fortalecer a colaboração interdisciplinar.

Dessa forma, o Jornal da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) ouviu a médica Ana Paula Damiano, representante do Departamento de Cardiopatias Congênitas e Cardiologia Pediátrica na Comissão Científica do evento. A especialista declarou que seu departamento atuará em duas frentes, sendo a principal relacionada à Cardiopatia Congênita do adulto e suas indicações de reparação, medicação e intervenção.

A outra frente será a Cardiologia Pediátrica, a qual também atravessa o trabalho do cardiologista de adulto. Sobre este ponto, de acordo com ela, há três décadas a mortalidade por cardiopatia congênita era muito alta, porém, esse cenário mudou e atualmente temos uma população de adultos com cardiopatias congênitas.

“Hoje em dia, a grande maioria dos pacientes sobrevive e chega à idade adulta. A pirâmide de sobrevida e de idade dos pacientes se inverteu e há mais adultos com cardiopatia congênita do que crianças com cardiopatia congênita. Embora a prevalência não seja tão alta quanto as cardiopatias adquiridas do adulto, tais como hipertensão e coronariopatas, as patologias congênitas estão cada vez mais presentes na rotina da cardiologia. Fato é que todo cardiologista de adulto ou que faz cardiopatia congênita deve se preparar para um paciente complexo, afinal, existem terapias, intervenções e cuidados que são específicos dessa população”, diz a especialista.

Damiano elencou alguns pontos de intersecção que podem ser abordados em conjunto com outras áreas, como casos de pacientes cardiopatas com arritmia, hipertensão, em estágio de gestação, entre outros. Muitos temas são convergentes com a hemodinâmica, intervenção, cateterismo, cirurgia, ressonância, tomografia e ecocardiografia. Portanto, esse evento é uma oportunidade ímpar de conteúdo, tanto em intensidade quanto em qualidade”, enfatiza a médica.

Sobre a participação dos associados, Damiano aponta que o 1º Encontro de Departamentos proporcionará valiosas trocas de experiências, sendo um espaço de promoção de conhecimento concentrado e atualizado. Outro ponto importante é a relação que os participantes podem fazer com casos próprios: os médicos participantes poderão trazer seus casos e assistir a discussão de temas que estão presentes na rotina da Cardiopatia Congênita, atualizando conhecimentos sobre anticoagulação, liberação para atividade física e uso de novas terapias medicamentosas, que podem ser incorporados a sua prática cotidiana.

 

Ficou interessado e quer se inscrever no evento? Acesse o site abaixo para mais informações: https://sbcencontrodepartamentos.com.br

Logotipo da SBC

Sede - São Paulo

Alameda Santos, 705

11º andar - Cerqueira César

São Paulo - CEP: 01419-001

E-mail: sbc@cardiol.br

Sede - Rio de Janeiro

Av. Marechal Câmara, 160

3º andar - Sala: 330 - Centro

Rio de Janeiro - CEP: 20020-907

E-mail: sbc@cardiol.br

Telefone: (21) 3478-2700

Redes sociais

Link para LinkedInnLink para FacebookLink para TwitterLink para YouTubeLink para Instagram

Baixe o app Cardiol Mobile

Apple Store BadgeGoogle Play Badge
Certificação 9001 da SBC

Desenvolvido por:

Produzido por Docta