Curso avançado em ECG é fundamental para cardiologistas que querem se manter atualizados

Análise eletrovetorcardiográfica, cardiomiopatias adrenérgicas, cardiomiopatias isquêmicas e Síndrome de Bayés fazem parte do programa


Estimular a revisão dos novos conceitos da vetoeletrocardiologia na última década e capacitar o profissional médico a realizar o melhor diagnóstico são os objetivos do curso “Tópicos avançados de ECG para o cardiologista”, oferecido pela Universidade do Coração SBC (UC/SBC), que está com inscrições abertas.


Totalmente online e com aulas assíncronas, é realizado na metodologia EAD e tem carga horária total de 15 horas. Segundo Carlos Alberto Pastore, um dos coordenadores do curso e vice-presidente do grupo de estudo de Eletrocardiografia da SBC, há uma procura enorme por cursos sobre ECG porque falta aprofundamento no assunto na faculdade. “Nossa capacitação permite ao aluno ter uma noção de 80% a 90% do que existe hoje dentro da área”, salienta.


Um dos tópicos abordados é análise eletrovetorcardiográfica, focando em como se forma o eletrocardiograma, como é a atividade elétrica do coração, como se obtém a informação do eletro e por que ele tem essa aparência. “Com essa visão espacial do coração, da atividade elétrica e do eletrocardiograma, o profissional fica sabendo exatamente o que é o exame, para que serve e como ele se constrói”, detalha Pastore.


Outros temas que fazem parte do programa são: cardiomiopatias adrenérgicas, cardiomiopatias isquêmicas, Síndrome de Bayés, eletrofisiologia, taquicardias, repolarização ventricular, eletrocardiograma dos idosos e eletrocardiograma dos atletas. Trata-se de um curso avançado, necessário para os cardiologistas, indo direto ao ponto no que há de mais atualizado em ECG nas últimas décadas. Seu diferencial é abranger tudo que está realmente dentro do contexto do eletro, de criança a adulto, além das novidades.


O corpo docente é formado pelos melhores especialistas do grupo de estudo de Eletrocardiografia do InCor, da Cardiopediatria da FMUSP e outros profissionais, todos com doutorado. Eles foram escolhidos por sua vasta experiência e por buscarem sempre o que há de mais novo dentro do assunto, garantindo um curso extremamente relevante para a profissão. São eles: Marina S. Pimenta, Mirella Facin, Leonardo Varoni, Bruna Madaloso, Caio Tavares, Horacio G. Pereira Filho e Nelson Samesima, que também é um dos coordenadores, além de presidente do grupo de estudo de Eletrocardiografia da SBC.


“Os conhecimentos advindos dessas aulas poderão ser aplicados tanto nos pacientes internados na emergência e na urgência, quanto aqueles da enfermaria, bem como os do segmento clínico ambulatorial e de clínicas”, salienta Samesima, acrescentando, ainda, que o curso oferece um canal para tirar dúvidas e discutir todas as questões relacionadas.


Mais informações e inscrições, clique aqui.

57 visualizações