Comitê de Relações Internacionais inicia 2023 com compromisso de fortalecer laços da SBC pelo mundo
Comitê de Relações Internacionais inicia 2023 com compromisso de fortalecer laços da SBC pelo mundo

14/02/2023, 14:50 • Atualizado em 21/12/2023, 17:30

Paulo Caramori, novo coordenador de RI, diz que trabalho vai além da participação em congressos e eventos científicos

O ano de 2023 começa com mudanças na SBC. Paulo Caramori, membro do Conselho Administrativo e ex-coordenador do Comitê Científico da SBC (2021-2022), passa agora a coordenar o Comitê de Relações Internacionais, cujo objetivo é fortalecer os laços entre outras sociedades médicas fora do país, em diversos países e continentes.

Na América Latina, a SBC já é considerada a mais sólida e tradicional entidade em Cardiologia. Para os próximos anos, o coordenador afirmou que o objetivo é ir além da já bem-sucedida participação de sociedades internacionais em eventos científicos realizados no Brasil.

Paulo Caramori disse ainda que seu desafio frente ao comitê será desenvolver novas iniciativas sobre as bases sólidas da Sociedade Brasileira de Cardiologia, que em 2023 completa 80 anos. “A SBC é uma das maiores e mais respeitadas sociedades cardiológicas internacionais e a oportunidade de cooperação com outras sociedades, igualmente imponentes, vai além da participação destas em eventos científicos”, revela.

Vale destacar que a participação internacional em nossos congressos já é um sucesso, tendo como exemplo o recente 77° Congresso Brasileiro de Cardiologia, que ocorreu concomitantemente ao Mundial, no Rio de Janeiro, em parceria com a World Heart Federation.

Sociedades parceiras

Caramori destaca algumas das instituições que já contribuem para a Cardiologia em âmbito mundial e que têm e terão papel-chave no desenvolvimento internacional da SBC. “O American College of Cardiology (ACC), o European Society of Cardiology (ESC), o World Heart Federation (WHF) e a American Heart Association (AHA) são exemplos de sociedades com as quais pretendemos ampliar parcerias em diversos campos, com o objetivo de melhorar a prática da cardiologia em nosso meio, trazendo benefícios aos associados da SBC”, completa o novo coordenador.

Composição do Comitê de Relações Internacionais

Além do coordenador Paulo Caramori, outros nomes trabalharão em prol da internacionalização da SBC no comitê, incluindo o cardiologista Carlos Eduardo de Souza Miranda, que também acumula a função de vice-presidente do Conselho Administrativo e Sérgio Luiz Zimmermann. “Teremos muito trabalho pela frente para transformar estas iniciativas em benefícios sólidos e duradouros para todos nós, membros da SBC”, finaliza Caramori.